A jornada da confissão: Você sabe a maneira correta de se confessar?

Confissão é reconciliação com Deus. (fFoto: Camila Ferraz)

Exame de Consciência: primeiro passo para uma confissão significativa

Em meio ao burburinho do dia a dia, a prática da confissão na Igreja Católica continua a ser um pilar fundamental para a vida espiritual dos fiéis. O ato de confessar-se é muito mais que uma tradição, é uma oportunidade para reflexão, renovação e reconciliação com Deus.

Como fazer?

Para uma boa confissão, é essencial que o penitente se prepare adequadamente. Este preparo começa com um ato vital conhecido como “exame de consciência”. Como salienta o pároco do Santuário Nossa Senhora da Abadia, Padre Paulo Vital, “o exame de consciência é mais do que um preparo; é um convite à introspecção e ao entendimento profundo dos nossos atos.”

Examinar a propria consciência é o momento de reflexão individual, onde os fiéis são encorajados a meditar sobre suas ações, pensamentos e omissões que podem ter ferido os ensinamentos da fé católica. Essa prática é fundamental para reconhecer os pecados e se arrepender genuinamente deles.

Chegando ao sacerdote, com um coração arrependido, é importante lembrar que o padre atua como um intermediário de Deus, oferecendo orientação, misericórdia e o sigilo sacramental.

Durante a confissão, é vital ser honesto e sincero. Não se trata apenas de listar pecados, mas de demonstrar arrependimento e a disposição para a mudança. Mas não é necessário que se conte com detalhes toda a situação que o levou até o pecado. “Nós devemos comunicar onde erramos e de que forma erramos, mas o contexto é com Deus. Explicar o motivo que o levou a pecar não é o que vai fazer com que sejamos perdoados”, explicou o sacerdote.

Absolvição e Penitência

Após a confissão, o sacerdote oferece palavras de consolo e a absolvição dos pecados. Ele também impõe uma penitência, que é um ato de reparação e reflexão.

Padre Paulo Vital enfatiza: “A confissão é um ato de coragem e fé. É reconhecer nossa humanidade e buscar a graça divina para nos transformar”. A confissão regular ajuda os fiéis a se manterem no caminho da virtude, promovendo a saúde espiritual e a paz interior.

A confissão, acompanhada de um exame de consciência profundo, é uma prática vital na jornada espiritual católica. Ela oferece uma chance de recomeço, trazendo paz, reconciliação e um renovado sentido de propósito na caminhada com Deus.

“Convido todos os fiéis a redescobrirem a beleza e a profundidade da confissão. Que este sacramento seja um farol de esperança e transformação em suas vidas”, afirmou o padre. Para que esse exame seja feito de maneira consisa e bastante direta, uma espécie de Lista de Pecados está a disposição no Santuário. “É uma forma de ajudar nossos fiéis nesse exame de consciência. Porque nem sempre a gente vai lembrar de tudo e uma colinha também pode ajudar”, continuou o padre.

Antes de chegar até a confissão, se prepare para ela. Não deixe tudo de última hora, não tente justificar seus pecados para o padre, apenas se arrependa de todo o coração e se esforce para não voltar a pecar!

Para auxiliar seu exame de consciência, disponibilizamos pequenas listas que você pode imprimir e levar no dia de sua confissão.


Os dias e horários de confissões do Santuário Nossa Senhora da Abadia estarão a disposição semanalmente nos stories do Santuário do Instagram @santuariodaabadiacg

Vivianne Nunes – Pastoral da Comunicação

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE